O Poder da Autorresponsabilidade



Fica tranquilo. Tá tudo certo. Cada um tem a vida que merece".

Paulo Vieira


Quando ouvi essa frase pela primeira vez, fiquei um tanto perplexo num primeiro momento porque foi ao vivo e da boca do próprio autor.


Porém, passado alguns minutos, a gente vai digerindo, refletindo na realidade e começamos a compreender que, de fato, não importa muito o que nos aconteça nessa vida, o importante mesmo é o que fazemos com o que acontece conosco.


Foi aí que comecei a entender melhor o significado prático de ser autorresponsável. Temos a tendência de achar que não somos responsáveis por tudo que sofremos. Normalmente, nos gabamos ao comemorar uma conquista pois fizemos por onde e nada mais justo do que receber as honras, não é mesmo?


No entanto, quando algo dá errado, tratamos logo de nos posicionar como vítimas da situação porque é mais fácil dizer que esse resultado não dependeu de você, do que encarar a realidade e assumir que, dessa vez, o jeito que você fez foi o jeito que deu errado.


Talvez, a verdade é que cada um tem a vida que merece porque a maioria de nós tem se negado a assumir a responsabilidade pelos resultados que acontecem na nossa vida. Mesmo quando é impossível evitar determinada situação ou evento, pela própria limitação humana, a forma que lidamos com isso, ou seja, o que você decide fazer com o que não está no seu controle, é o que torna você responsável pelas consequências boas ou ruins que obtém.


Por fim, descobri que há algo de valor nesse pensamento. Olhar para os resultados (positivos e negativos) da minha vida como total merecedor, me leva a refletir no quanto tudo isso dependeu das minhas ações e omissões ao longo do tempo, e o que posso fazer de diferente para que meus próximos resultados sejam totalmente diferentes e melhores.


Não terceirize a responsabilidade pelos seus resultados. Assuma, faça e realize-se!!!

2 visualizações

© 2017 por Self2 Performance Humana. Todos os direitos reservados.